Christine Carter, 28 anos, é uma história de sucesso em perda de peso, mas sua jornada para um peso adequado e uma vida feliz e saudável pode parecer um pouco diferente dos caminhos da maioria das pessoas. E isso é totalmente possível, mas no começo não parecia animador.

Em agosto de 2014, Carter  passou por uma cirurgia bariátrica laparoscópica. “Nada mais estava funcionando”.

O momento crucial para Christine Carter  aconteceu em julho de 2014 quando  foi participar de uma reunião familiar. Havia vários anos que ela não via seus familiares, alguns desde criança, mas ela estava ansiosa para se reconectar com sua extensa família.

 

“Eu vi meu tio favorito de pé na sala”, relatou Carter. “Quando se aproximou de mim, ele continuou caminhando. Ele não me reconheceu porque pesava 125 kilos, e naquele momento percebi que tinha que me apresentar à minha própria família. Senti que tinha atingido o fundo do poço”, lembrou.
Na época, Carter substituiu seu hábito de fumar pelo vício de comer. Ela comia quando estava estressada e estava gastando pelo menos US$ 2.000 por mês comendo em restaurantes sofisticados em Dallas.

“O controle da quantidade era meu problema, eu comeria três vezes a quantidade de comida que eu deveria”, explicou Carter. “Eu tomava  dez  tipos de medicamentos e estava constantemente no consultório do médico. Eu me sentia horrivel – mal consegui me mover ou subi um lance de escadas, e eu tinha apenas 26 anos!”

“Eu tentei a via dos exercícios tradicionalis e da dieta, mas sempre falhei, e as constantes falhas estavam prejudicando minha autoconfiança e fazendo com que  me tornasse deprimida. Quando um colega meu de trabalho resolveu fazer uma cirurgia bariátrica e começou a perder peso, eu tomei a decisão de fazer uma consulta com o mesmo médico dele”.

“É apenas uma ferramenta”.

Estudos recentes descobriram que as cirurgias bariátricas ajudam a reduzir o peso eo índice de massa corporal seis anos após a cirurgia. Um estudo recente descobriu que a cirurgia de obesidade em adolescente pode levar a uma enorme perda de peso e ganhos de saúde que podem durar pelo menos três anos.

Inicialmente, Carter (que teve uma cirurgia aos 26 anos) perdeu 30 kilos após a cirurgia, mas ainda estava comendo alimentos não saudáveis, apesar de estar comendo menos. Após a perda de peso inicial, seu peso começou a voltar. Ela ganhou 05 kilos em um mês.

“Eu percebi que ia falhar novamente se não corrigisse minha mentalidade”, disse Carter. “Eu percebi que a cirurgia era apenas uma ferramenta e você ainda pode” comer ” o que quiser.

Em maio de 2015, Carter contratou um treinador pessoal, identificou seus maus hábitos alimentares e padrões e decidiu uma vez por todas sobre mudar sua abordagem à saúde e perspectiva a respeito de si mesma..

“Eu não senti falta de um único treino e não mais me trapaceava, e perdi 40 kilos até novembro”, relatou Carter.

Carter praticava exercícios todos os dias durante uma hora, fazendo principalmenteesteira, treinamento com pesos e exercícios leves. Como Carter não cozinha, começou a procurar refeições saudáveis ​​pré-fabricadas nas lojas e doces limitados até atingir seu objetivo de perda de peso.

“A vida é diferente agora”.
Em novembro de 2015, depois que Carter perdeu 68 kilos, ela agendou uma abdominoplastia e elevou os seios para lidar com o excesso de pele em seu corpo.

“Eu ganhei muito pele no meu abdômen e trabalhei muito para poupar dinheiro para a cirurgia”, explicou Carter. “Sou jovem e queria parecer como era antes, mas poderia ter vivido com a pele extra – pensar sobre isso não deve prejudicar a sua perda de peso”.

Carter abraçou a pele solta em seus braços e pernas, “Eu não vou fazer mil cirurgias”, ela disse, mas a abdominoplastia era importante para ela.

“A maior mudança que experimentei está acima dos meus ombros”, disse Carter. “Tudo era um problema antes: eu estava insegura e tinha maus hábitos. Sinto que uma nova pessoa nasceu em mim. Estou confiante. A vida é diferente agora”.

Hoje, Carter está usando sua conta Instagram para inspirar seus 128 mil seguidores a se tornarem saudáveis ​​também.

“Lembro-me de como as imagens de transformação me deram esperança, e queria inspirar outras pessoas. Comecei com 50 seguidores e cresceu rapidamente”, disse Carter. “Minha maior alegria agora vem de ajudar os outros a transformar suas vidas como eu fiz”.